Aprenda Exercicios de Pilates para Iniciantes

Desalinhamentos na postura

 

Desalinhamentos na postura

Posted by AprenderPilates in Postura e tipos de corpo


postura_thumb2[1]

Estes são os desalinhamentos mais comuns na postura. Convém perceber o estado da sua postura, para que durante os exercícios centre a sua atenção nas zonas mais preocupantes. Pode optar por exercícios que trabalhem o realinhamento de zonas afetadas pela sua postura.

 

 

Raras são as pessoas que mantêm uma postura perfeita ao longo da vida. Muitos de nós irão padecer de um ou vários problemas na postura vertebral…

Posturas correctas e incorrectas

Coluna torácica direita

Esta é uma deformação em que a coluna torácica fica direita em resultado do encolhimento dos músculos na parte posterior da coluna vertebral Quando eles se contraem a coluna endireita-se, causando a compressão dos nervos e um distúrbio nas costelas. As pessoas com esta deformação sentem dor e um formigueiro nos braços. Além disso, o tórax, o coração e os pulmões ficam sob pressão, reduzindo a sua eficiência.

Lordose lombar

Numa lordose lombar exagerada, as vértebras da zona inferior da coluna deslocam-se para a frente, parecendo que o corpo esta a tombar para trás A lordose lombar aumenta a pressão sobre a zona posterior das vértebras, originando astenia e dor na região lombar. Os músculos abdominais enfraquecem e o estômago e os intestinos sobressaem. Tal afetará a digestão, pois a circulação para o trato digestivo fica sobrecarregada.

Hiperlordose

A hiperlodose é um distúrbio mais abrangente que os outros problemas de postura anteriormente descritos.  Caracterizada por uma inclinação da cabeça para trás, é uma deformação grande, que se inicia na coluna torácica e vai até à coluna lombar, parecendo que os joelhos estão enfiados para dentro. Esta deformação consiste essencialmente numa debilidade dos ligamentos do corpo. Mau tónus muscular agrava o problema e, geralmente, causa má coordenação motora.

Visceroptose

Consiste na perda de tónus muscular no abdómen e manifesta-se pela «barriga de cerveja», e por um inchaço na zona inferior dos intestinos e da pélvis. Os intestinos, os rins e o ventre são arrastados para baixo, distendendo tecidos e reduzindo o fluxo circulatório e dos nutrientes Provoca ainda outros sintomas, como dores menstruais, incontinência e a síndrome do intestino irritável.