Aprenda Exercicios de Pilates para Iniciantes

Como funciona a técnica Pilates?

 
Como funciona a técnica Pilates?

A técnica de Pilates é conhecida pela sua capacidade de redefinir a fisionomia do corpo humano, esculpindo-o na perfeição. Fá-lo excecionalmente bem por ser uma forma muito eficiente de exercício físico e por trabalhar a diferentes níveis o organismo, inclusive o sistema nervoso, o sistema muscular, a faseia e o esqueleto.

A técnica de Pilates trabalha e atua sobretudo sobre os seguintes sistemas do organismo:
• O sistema nervoso
• O sistema muscular
• A faseia
• O esqueleto

O sistema nervoso
O sistema nervoso é vital para o controlo e a coordenação dos movimentos Divide-se em sistema
central e sistema periférico. O sistema central inclui o cérebro e a espinal medula, e o sistema periférico é constituído petos nervos que percorrem o organismo. Os nervos periféricos entregam as mensagens do sistema central, ao organismo e transmitem ao sistema central as respostas as outras zonas recônditas do organismo. É assim que o corpo «fala» e reage aos impulsos do cérebro. A técnica de Pilates permite ganhar uma maior consciência do sistema nervoso.

Ajuda-o, também, a desenvolver um melhor entendimento sobre o modo como os membros, músculos e órgãos internos funcionam. Tudo isto, por seu turno, fá-lo encontrar um ponto de equilíbrio entre tensão e relaxamento – um dos pilares da técnica de Pilates.

O sistema muscular

A maioria das pessoas não sabe que uma boa e eficaz contramão dos músculos tem início num estado de relaxamento. Alcançar este estado de relaxamento antes do movimento dar-lhe-á poder e controlo sobre o corpo. Por outro lado, terá menos riscos de se lesionar, pois exercerá menos pressão sobre as articulações Um sistema muscular descontraído e tonificado dá-lhe estabilidade e leva-o a queimar de modo mais eficiente a gordura Consequentemente, ficará com bom tónus corporal e um abdómen e nádegas mais firmes.

A contração muscular inclui:
– O relaxamento ideal
– A contractura
– A distensão

Quando incorpora os elementos básicos de Pilates na sua prática de exercícios, incentiva o corpo a encontrar o seu alinhamento natural. A técnica de Pilates ajuda-o a reeducar os músculos para que se movam de forma mais eficaz. Se os seus músculos costumam estar tensos ou flácido, isto pode levar algum tempo a acontecer Porém, quanto mais os habituar ao estado de relaxamento ideal, mais confortáveis eles se sentirão nele.

Relaxamento ideal
É o que se pretende com a técnica de Pilates. O relaxamento ideal acontece quando os músculos e tendões repousam num estado confortável de tensão total. Só consegue queimar gordura se os tecidos que a queimar gordura se os tecidos que a queimam (os músculos) forem eficientes. O relaxamento ideal torna os movimentos mais eficientes. Os animais a correr são a melhor prova disso – o seu movimento é descontraído e fluído.

Contractura
Acontece quando o músculo e o seu tendão não o deixam mexer-se, inclusive quando se encontra imóvel. Várias pessoas têm ombros contraídos, que permanecem retesos inclusive quando tentam relaxar.

Milhares de nervos percorrem o organismo, levando mensagens do e para o cérebro. A técnica de Pilates ajuda-o a desenvolver uma maior consciência do corpo Por outras palavras, ajuda-o a estar mais atento a estas mensagem e a corrigir a sua postura e movimentos em função delas.
Conciliar a posição de relaxamento, a respiração e a estabilização é um bom princípio para todos os exercícios e para a postura em geral.
Um músculo contraído empurra a articulação para a zona da contractura. Consequentemente, quando anda, não consegue faze-lo a partir de uma posição neutra pelo que perde ligeiro controlo sobre o movimento Se continuar a mover-se apoiado nesta zona contraída corre o risco de aumentar o desgaste e luxar a articulação. Do mesmo modo, quando os músculos da coluna se encontram contraídos, corre o risco de se lesionar e prejudicar a sua estabilidade central.

Distensão
Músculos distendidos à volta de uma articulação podem causar grande instabilidade. Se o tónus muscular for flácido e débil, as reações reflexas tornar-se-ão lentas aumentando o risco de lesão. Várias distensões súbitas e entorses, sobretudo na coluna, nos joelhos e nos ombros, são geralmente devidas a este tipo de problema. Além disso, um músculo distendido não é capaz de queimar eficazmente a gordura.



Fáscia e esqueleto

Posted by AprenderPilates in Como funciona a técnica Pilates?

A prática regular de Pilates ajuda-o a desenvolver, através do sistema muscular e da fáscia (tecido fibroso), um apoio estável para o esqueleto. Ambos trabalham para melhorar a sua postura e alinhamento, e, como tal, a maneira como se move. Porém, como geralmente mantemos uma…